06 de Outubro de 2021

Vendas no varejo caem 3,1% em agosto após quatro taxas positivas, número bem pior do que o esperado
InfoMoney

As vendas do comércio varejista caíram 3,1% em agosto na comparação com julho de 2021, informou nesta quarta-feira (6) o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). É a primeira queda após quatro taxas positivas consecutivas. No ano, o varejo acumula alta de 5,1% e nos últimos doze meses, crescimento de 5,0%.

Em um ano, na comparação com agosto de 2020, o comércio varejista teve queda 4,1%, depois de cinco taxas positivas consecutivas.

Segundo consenso Refinitiv, a expectativa era de alta de 0,7% das vendas em agosto na comparação com julho e alta de 2% frente agosto de 2020.

Seis das oito atividades pesquisadas tiveram taxas negativas em agosto, com destaque para outros artigos de uso pessoal e doméstico (-16,0%), que teve a principal influência negativa sobre o indicador do comércio varejista. Essa atividade é composta, por exemplo, pelas grandes lojas de departamento.


Caixa Residencial atinge marca de 500 mil novas apólices
Valor Investe

A Caixa Seguridade Participações informou nesta quarta-feira (6) que sua subsidiária XS3 Seguros (Caixa Residencial), que entrou em operação em janeiro deste ano, atingiu a marca histórica de 500 mil novas apólices de seguro residencial emitidas no balcão da Caixa Econômica Federal.


“A companhia agradece e parabeniza a todos os empregados da Caixa, correspondentes bancários, lotéricos e Caixa Residencial pelo feito histórico”, diz o comunicado.


Tesouro Direto: taxas dos títulos públicos sobem nesta 4ª; papéis de inflação chegam a pagar maior retorno do ano 

Infomoney


Depois de um dia de maior alívio nos mercados mundiais, a sessão desta quarta-feira (6) é marcada pela volta da aversão ao risco. Na cena externa, os temores de que a inflação seja mais persistente ao redor do mundo ganham força juntamente com o avanço da crise energética na Europa e com a aproximação da retirada de estímulos monetários nos Estados Unidos, que deve ocorrer em novembro.

A cena local é de incertezas na frente fiscal, com discussões em torno do Auxílio Brasil, novo texto da reforma tributária e acerca de propostas para baratear o preço dos combustíveis. Aliado a isso, investidores repercutem ainda mais um dado de atividade bem abaixo do esperado pelo mercado: o volume de vendas no comércio varejista em agosto.

O reflexo do mau humor externo e das incertezas no cenário interno podem ser vistos também no mercado de títulos públicos, que opera com alta nas taxas nesta quarta-feira.

O destaque está nos prêmios oferecidos pelos papéis atrelados à inflação, que chegam a oferecer retornos de até 5,09%, na primeira atualização desta manhã, como é o caso do Tesouro IPCA+ com vencimento em 2055 e pagamento de juros semestrais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Fale com a gente

×