15 de Outubro de 2021

Tenda divulga números recordes em prévia operacional

MoneyTimes

A Tenda informa ao mercado que lançou 11 empreendimentos imobiliários terceiro trimestre, avaliados em R$ 640 milhões, ao passo que a construtora registrou VSO (Venda Sobre Oferta) bruta recorde de 39,4%, alta de 3,1 pontos percentuais em um ano, conforme prévia operacional divulgada no dia 14 de outubro.

As vendas líquidas da companhia no trimestre passado somaram R$ 770 milhões, salto de 4% em um ano, com VSO líquida de 33%, ou seja, foram comercializados um terço do total de imóveis disponíveis para a venda.

A Tenda encerrou setembro com banco de terrenos avaliado em R$ 12,2bilhões, expansão de 13% frente ao 3° trimestre de 2020.


Prévia do PIB do BC, IBC-Br cai 0,15% em agosto frente julho, dado pior do que o esperado

InfoMoney

O Índice de Atividade Econômica do Banco Central (IBC-Br), considerado prévia do Produto Interno Bruto (PIB) da autoridade monetária teve queda de 0,15% em agosto na comparação com julho, segundo dados do BC divulgados nesta sexta-feira (15).

O dado veio pior do que o esperado. A expectativa, segundo consenso Refinitiv, era de queda de 0,05% na comparação mensal.

Na comparação com igual mês de 2020, houve uma alta, de 4,74%.

Direcional tem recorde de lançamentos e vendas do terceiro trimestre

MoneyTimes

As vendas da Direcional no terceiro trimestre bateram recorde, somando R$ 643 milhões, alta de 40% ante o mesmo período do ano passado e 5% sobre o segundo trimestre de 2021, mostra documento enviado ao mercado nesta quinta-feira (14).

A empresa destaca o papel relevante da Riva no volume de vendas, que respondeu por 37% do total vendido pelo grupo.

Ao todo, a Direcional lançou 10 novos empreendimentos, somando um valor geral de vendas total de R$ 1,1 bilhão, crescimento de 88% na comparação com o ano passado e de 37% em relação ao segundo trimestre deste ano.

O índice de velocidade de vendas ficou em 17% no trimestre.


Prévia da Cyrela chega para mitigar preocupações de investidores com setor de construção

MoneyTimes

A Cyrela reportou mais um conjunto de números positivos na prévia operacional do terceiro trimestre do ano, com lançamentos e estoques vendendo bem, na opinião do BTG Pactual.

“Os números operacionais vieram sólidos em geral – os lançamentos continuaram crescendo a um ritmo acelerado, e as vendas líquidas permaneceram fortes, visto que os lançamentos e os estoques venderam bem”, destacaram os analistas Gustavo Cambauva e Elvis Credendio, em relatório divulgado na noite desta quarta-feira.

Entre julho e setembro de 2021, a construtora lançou R$ 2,2 bilhões, avanço de 33,2% em relação aos mesmos três meses de 2020. Foram 12 empreendimentos lançados no período.

As vendas, por mais que tenham caído 20,2%, para R$ 1,3 bilhão, vieram 6% acima do que o BTG esperava. Do montante, R$ 195 milhões foram de estoque pronto, R$ 440 milhões de estoque em construção e R$ 730 milhões de lançamentos.

O BTG acredita que a prévia da Cyrela é uma maneira de mostrar aos investidores mais preocupados com a desaceleração das vendas das construtoras que os números seguem positivos. O banco reafirmou a recomendação de compra para a ação, com preço-alvo de R$ 37 para os próximos 12 meses, por vê-la “altamente atrativa”, negociada a 7 vezes P/L (preço sobre lucro) para 2021 e 6 vezes P/L para 2022. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

×

Fale com a gente

×